Materiais de Aquarela

Enfim chegamos a um post muito esperado e pedido! Afinal, vamos nos aventurar pelos materiais de aquarela. O que são, o que fazem, principais marcas e onde encontrar. Vamos que o post está enorme e cheio de conteúdo!

Aquarela é o nome da arte feita com tintas e materiais solúveis em água. Então muita coisa pode ser considerada uma aquarela, desde que seja possível diluir em água. Lápis de cor, grafite, tintas, pigmentos. E então, com essa enorme variedade de produtos, é bem fácil se perder. Mas estou aqui para explicar direitinho as coisas.

Para esse post, vamos precisar entender a diferença entre um produto de uma linha de estudante e de um produto profissional. A maior parte das marcas separa assim seus produtos para ser mais fácil de entender: uma linha escolar de um produto é aquele que chega perto da qualidade do profissional, mas que possa ser vendido mais barato. Assim, a linha profissional do produto é aquela em que a qualidade é máxima e duradoura. Da para ver diferença entre eles, mas o produto da linha de estudante é sim inferior, tem menor durabilidade e ás vezes é mais fácil de lidar do que o profissional. Isso é feito também para quem está estudando aprenda a usar o produto da melhor forma e depois que aprender, passar a usar a linha profissional.

Por que estou explicando tudo isso? Porque, principalmente com as aquarelas, é bem comum encontrar os produtos divididos nessas duas linhas. As marcas pensam em quem está iniciando um estudo em algo que não conhece e oferece uma opção mais acessível para aprendizado. E em alguns casos, a qualidade da linha de estudante é igual a da linha profissional.

Pincéis

pincéis para aquarela

Apesar de parecer bobo, eu sempre falo: tenha seus pincéis próprios de aquarela. Não use os pincéis para nenhuma outra tinta, como guache ou acrílica. A química da aquarela é muito menor e acaba não manchando o pincel. Tenha preferência por cerdas macias de quiser uma aquarela sem definição e mais manchada. E prefira cerdas médias a mais firmes para detalhes e definições. E mesmo assim, tenha alguns tamanhos e aprenda a usar seus materiais. Não são necessários muitos pincéis. Eu uso 4 ou 5 deles, em tamanhos e cerdas diferentes. E cerdas sintéticas, pois sou contra o uso de pelos de animais. Algumas marcas de pincéis mais baratos são a Condor e a Tigre. Mas dá para encontrar pincéis de todos os tamanhos e tipos, além dos preços.

Papel

Não existe papel próprio de aquarela, mas sim papéis resistentes a água. Quanto menor a preparação do papel para receber água, mais fácil ele vai esfarelar e rasgar. E quanto maior a preparação para água, bom, ele não faz isso de jeito nenhum. A gramatura do papel influencia, mas não é o único fator a ser considerado. Papéis acima de 220 gramas aguentam água, mas mesmo um papel 150 aguenta, se a água for usada em pequena quantidade.

Papéis com preparação para receber água geralmente têm uma mistura de fibras de algodão junto, que ajuda a absorver água e tinta. Por isso é comum ver papel 100% algodão como sendo indicado para aquarela. Outra coisa a ser levada em consideração ao testar papéis é que alguns tem textura. Isso pode incomodar algumas pessoas. Eu, particularmente, não gosto de papel com textura, então procuro sempre os mais lisos. Papéis bons de aquarela para estudantes são os da Canson, da linha Aquarelle (vêm num caderno espiral, capa azul). São mais baratos que o Montval Aquarelle e são tão bons quanto. Papel profissional eu recomendo os da Fabriano ou da Arches.

Tintas

Enfim, chegamos a parte em que todos mais têm dúvidas: tintas. Aquarela existe em alguns formatos e tipos, mas a base é sempre a mesma: solúvel em água. Aquarelas podem ser feitas a partir de dois tipos de cor: corantes ou pigmentos. Parecem a mesma coisa, mas não é.

Corante é o extrato de algo, já diluído em algum outro produto, já sendo processado quimicamente e com poder de cor menor. Por exemplo, para se pegar o corante de uma flor, você coloca a flor em uma panela com água e ferve para que as pétalas soltem a cor. O corante é o líquido restante. Já o pigmento é retirado diretamente da base de cor, geralmente triturado ou seco até virar pó. Por exemplo, você usa a mesma flor, mas amassa até virar uma meleca irreconhecível. O pigmento é o líquido que tudo isso solta quando espremido. Pigmento é uma base muito mais pura e difícil de conseguir do que o corante. Por isso, as tintas que usam pigmento são mais caras do que as tintas que usam corante.

As aquarelas podem ser tanto translúcidas como opacas. As translúcidas ficam transparentes e bem clarinhas quando usadas com muita água. Dá para ver as camadas anteriores de tinta usadas antes e não têm efeito em cima da cor preta. Já as aquarelas  opacas ficam menos transparentes com água e são visíveis em cima do preto. Conseguem chegar em tons pastéis mais facilmente.

Aquarela de tubo

Vendidas em tubos, separadamente ou em alguns estojos, a aquarela de tubo é aquela que vêm em forma mais pastosa. Você usa a quantidade de quiser no godê e tem mais controle de usar e misturar cores. Pode ser feita tanto de corantes como de pigmentos. Por exemplo, a Pentel usa corantes nas aquarelas de tubo e por isso a qualidade da tinta é tão questionada. Mas Sakura e Reeves também são aquarelas feitas com corantes e mesmo assim têm uma qualidade de tinta superior, mas não de boa durabilidade.

As melhores marcas importadas são Royal Talens e Winsor&Newton. A Royal Talens tem duas linhas: a de estudante, chamada Van Gogh e a profissional chamada Remdrant. A Winsor&Newton chama sua linha de estudante de Cotman e a profissional leva o nome da marca. E, se mesmo com um orçamento baixo você quer começar a usar aquarela, a Pentel é aquela coisa: não dá a mesma característica e uso do que todas as outras marcas, mas se não existe outro recurso, é um começo. E se você quer realmente aprender aquarela, comece com uma cor de cada vez.

godê e aquarela de tubo

Aquarela de pastilha

Iguais à aquarela de tubo, mas com a diferença de que a tinta vem sólida em uma pastilha. Para usar basta molhar o pincel e esfregar na cor para sair a tinta. Também pode ser feita a base de corante ou pigmento, dependendo da marca. A maior parte delas é feita com goma arábica, que é um extrato vegetal que permite que a tinta volte a endurecer depois de ser usada com água. Uma boa marca nacional de aquarela de pastilha é a Pestilento Tintas. Mas também existe aquarela de pastilha de quase todas as marcas que eu já citei.

A Sakura tem uma tinta de preço médio, mas não tão boa de qualidade. A Kooh-I-Noor tem uma aquarela de pastilha com preço bem acessível, mas não sei se as cores saem vivas e bonitas. Aquarela de pastilha também pode ser feita de uma maneira bem fácil usando goma arábica, mel e pigmento em pó. Eu estou para testar algumas receitas e depois digo se deu certo.

aquarela de pastilha

Ecoline

Também chamada por algumas pessoas de “aquarela líquida”, a ecoline entra aqui como um adendo: não é aquarela. Mas por ser líquida e em cores fortes e vivas, vale a menção. A ecoline (marca da Royal Talens) é um corante de base de álcool, mas que também tem água na composição. Se você deixar o pote aberto, ela evapora em pouquíssimo tempo. Dá para diluir em água e usar como uma aquarela. Mas a cor não fica forte e linda por muito tempo. Dura alguns anos se não deixar perto de fonte de luz intensa.

ecolines

Outras aquarelas e produtos

Muitas marcas têm investido em lápis aquareláveis, desde grafite até colorido. Não vou entrar em detalhe deles porque o foco é a tinta (mas já falei sobre lápis aquarelável aqui). Também ja existem canetas marcadoras aquareláveis, como a caneta da Ecoline e a caneta da Winsor&Newton. Fora caneta da Pentel, que vem com a tinta em um reservatório, ja colorido e em ótimas cores. Um produto interessante é a máscara de aquarela, que você passa em uma parte do desenho que não quer que a tinta pegue, aquarela como quiser e depois de seco é so puxar. Funciona como um isolante entre a folha e a água, então seu desenho não pinta e permanece na cor da folha. E também tem o pincel waterbrush da Sakura onde você coloca água no reservatório e vai usando aquarela na ponta, só indo apertando pra ir soltando a água aos poucos.

waterbrush

São muitos produtos mas entendendo para o que cada um serve, é mais fácil de saber o que precisa ou não comprar. O mercado da aquarela aumentou bastante nos últimos anos e com certeza ainda vai aumentar. A quantidade de novos produtos aparecendo é enorme, mas vamos nos focar em primeiro ficar bom na técnica e depois sair experimentando.

[texto produzido para o GAG Classes]

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.